Minha rotina de beleza é totalmente vegana

Convidamos a diretora criativa Júlia Vasconcelos, vegana há 5 anos, para contar sobre como leva esse estilo de vida também para o skincare e a maquiagem.

“Nossa, mas eu não conseguiria viver sem comer carne!!” – todo vegano já escutou essa declaração nas mais diferentes situações. Quando decidi me tornar vegana, por incrível que pareça, minha maior preocupação não foi a mudança na rotina alimentar, sempre me virei muito bem na cozinha e sabia que tinha um universo inteiro a ser explorado ali.

Cresci apaixonada por maquiagem. Juntava meu dinheiro para comprar os lançamentos, maquiava as amigas para as festinhas, assistia a tutoriais de maquiagem no meu tempo livre e acompanhava vários blogs sobre o assunto. Em 2016, quando adotei o veganismo, o mercado brasileiro de beleza vegana ainda era pouco explorado, os blogs de beleza ainda não falavam sobre isso e a maioria dos reviews de produtos que eu encontrava eram gringos.

Sem carne eu consigo viver tranquilamente, mas e sem o meu batom vermelho preferido?

Aprendi que tudo se substitui e depois de um tempo, muitos erros e alguns acertos, encontrei produtos veganos que tinham a performance parecida com tudo que fazia parte da minha rotina antiga. Ao longo desses anos, fui me entendendo dentro do veganismo e, ao perceber o que fazia sentido para mim, acabei mudando bastante os meus hábitos de consumo e a minha relação com a maquiagem.

Assim como tudo na vida, dinheiro é um facilitador, mas no caso do veganismo não precisa ser um impeditivo. Hoje no Brasil já existem muitos cosméticos com preços acessíveis – inclusive muitas marcas de farmácia tem vários produtos que são veganos e muita gente nem sabe!

Para um cosmético ser vegano ele não deve possuir nenhum ingrediente de origem animal e não ser testado animais, e só. Ao contrário do que se pensa, não precisa ser natural, orgânico ou clean beauty – mas pode ser. São escolhas que vão depender dos seus objetivos, prioridades e possibilidades. O importante é que tem opções para todo mundo!

A minha rotina atual, por exemplo, é um grande mix entre os produtos mais baratinhos e aqueles que escolhi gastar um pouco mais porque descobri que valem a pena. De manhã. faço o básico limpar – hidratar – proteger, todos os dias. Acrescento mais passos dependendo do meu humor e tempo disponível. O que vou dividir aqui é a minha rotina básica do dia-a-dia – um pouquinho de skincare e um pouquinho de maquiagem!

rotina de beleza vegana skincare

Sou uma grande entusiasta do Gel de Limpeza Facial, da Sallve. Para mim, ele cumpre a sua função com neutralidade, sem ressecar ou hidratar, e tem um sensorial bem gostoso na pele. Acredito que ele deve funcionar muito bem para todos os tipos de pele. De manhã, lavo meu rosto e, em seguida, uso o Gel Hidratante Anti Oleosidade Facial, da Granado, que é leve e deixa uma textura gostosa na pele. Importante contar que a minha pele é mista e a oleosidade costuma me pegar apenas na zona T.

Se estou num mood mais naturalzinho, aplico só o Filtro Solar Tonalizante, da Adcos, e pronto. Essa marca é um ótimo exemplo de tem tudo que procuro: é nacional, não testa em animais, tem muitos produtos veganos e faz bem para a minha pele. Além disso, esse foi o único protetor com cor (dentre veganos e não veganos) que se adaptou bem ao tom da minha pele (que é bem branquinha), além de ter uma ótima cobertura e acabamento.

O meu corretivo favorito do momento é o Corretivo líquido, da Vizzela, e esse é para quem é fã de uma boa cobertura! Essa é uma marca que tenho amado, além de ser nacional e totalmente vegana, ela tem a vantagem de ter preços bem acessíveis e uma grande cartela de cores disponível. Para os dias que quero mais cobertura, o BB Cream dela também funcionou muito bem para mim. Outras opções que gosto muito são o BB Cream, da Latika, e a Base Líquida BT Skin, da Bruna Tavares.

Finalizo com a Máscara Tubinho Preto, da Quem, Disse Berenice?, nos cílios e com o Multi Balm, da Be Plus Natural Care, na boca e nas bochechas. Ao longo do dia uso o Balm Labial, da Vizzela (olha que marca sucesso!), para hidratar e dar aquela carinha de saúde. Acho que a cor Apaixonado é uma ótima substituta para o queridinho (mas não vegan) Amora Shine.

Assim que adotei o veganismo, o batom vermelho preferido passou a ser o Studded Kiss Crème cor Outlaw, da KVD Beauty, junto com o Lápis Labial Everlasting. Essa dupla chegou para me ensinar que eu não teria que abrir mão de ser quem eu sou e nem de usar o que eu gosto. Vale dizer que o delineador da KVD também é incrível e eu já não fico mais sem.

À noite, sou adepta da double cleansing e, para isso, uso o Óleo Demaquilante de Camomila, da The Body Shop, seguido do Limpador Facial, da Sallve – marca que domina a minha rotina noturna. A grande maioria dos produtos dela funciona muito bem no meu tipo de pele, e fiquei muito feliz com a criação de uma marca como essa aqui no Brasil – sou fã :) Depois de limpar o rosto, finalizo com o Sérum Antiacne, seguido do Sérum Uniformizador e do Hidratante Reparador, que se tornou o meu novo queridinho da marca.

produtos de maquiagem para uma rotina de beleza vegana

Produtos:
. Gel Limpador Facial – Sallve (aqui)
. Gel Hidratante Antioleosidade – Granado (aqui)
. Filtro Solar Tonalizante FPS40 – Adcos (aqui)
. Corretivo Líquido – Vizzela (aqui)
. BB Cream FPS 30 – Vizzela (aqui)
. BB Cream FPS 44 – Latika (aqui)
. Base Líquida BT Skin – Linha Bruna Tavares (aqui)
. Máscara Tubinho Preto – Quem Disse, Berenice? (aqui)
. Multi Balm – Be Plus Natural Care (aqui)
. Balm Labial cor Apaixonado – Vizzela (aqui)
. Batom Sttuded Kiss Crème cor Outlaw – KVD Beauty (aqui)
. Lápis Labial Everlasting – KVD Beauty (aqui)
. Delineador Tattoo Liner – KVD Beauty (aqui)
. Óleo Demaquilante de Camomila – The Body Shop (aqui)
. Sérum Antiacne – Sallve (aqui)
. Sérum Uniformizador – Sallve (aqui)
. Hidratante Reparador – Sallve (aqui)

Quer mais dicas de maquiagem vegana? Nesse post aqui a jornalista de beleza Renata Kalil conta como foi o processo de readaptar todo o seu acervo quando adotou esse estilo de vida.

{Fotos: Júlia Vasconcelos e Кристина Александрова / Pexels}