A franja Bardot (ou cortininha) está conquistando até quem não gosta de franja

No mesmo embalo retrô que trouxe o shaggy hair como corte do momento (falamos sobre ele aqui), a franja Bardot também chegou com tudo! Parte fundamental da versão atualizada do cabelo volumoso que marcou os anos 1970, ela também funciona muito bem sozinha, sem aquele mega repicado emoldurando todo o rosto – e acabou virando febre, conquistando até quem não gosta de franja.

O nome vem da musa francesa Brigitte Bardot, que tinha como assinatura pessoal nos anos 1960 essa franja que fica na altura dos olhos ou, no máximo, do nariz. O charme está na finalização, que separa ela no meio criando uma espécie de cortina sobre a testa, enfeitando o olhar – tanto que, mais recentemente, esse corte também tem sido chamado de cortininha.

A grande magia é que, por ser uma franja mais comprida que a média, não demora para crescer. Então é o truque perfeito para dar personalidade ao cabelo e variar um pouco o visual, sem virar um drama para quando se cansar e quiser se despedir. No geral, em pouco mais de dois meses ela já começa a bater no queixo e fica fácil de misturar com o resto do cabelo. Então, mesmo quem nunca teve coragem de cortar franja, com a volta da Bardot, está topando dar uma chance e se apaixonando.

Outro ponto positivo é que essa franja é bem versátil. Pode ser usada escorrida ou cacheada, mas o estilo mais característico é com as pontas modeladas para fora, dando ainda mais movimento e um ar retrô ao corte. Para conquistar esse efeito, use algum produto finalizador, bata o secador na base como se tivesse secando uma franja reta tradicional, divida ela no meio, e encerre colocando a palma da mão sobre o cabelo na testa enquanto direciona o jato de ar para fora nas pontas. Está difícil de visualizar? Fica mais claro no final desse Reels que fiz para o Instagram do DDB estilizando meu shaggy hair.

Quem tem os fios já ondulados tem vantagem no quesito finalização – é só ficar ajeitando a pontinha para fora à medida que o cabelo vai secando naturalmente. Dar uma amassadinha com salt spray ou mousse também dá um tcham. De todo jeito, não existe uma regra absoluta. O legal é ir experimentando várias possibilidades até ver o que combina mais com você e com seu tipo de cabelo.

Camila Coutinho, Victoria Yamagata, Thássia Naves e Bruna Marquezine são algumas das musas nacionais que já aderiram ao look. No TikTok, o corte também é um fenômeno. São mais de 644 milhões de visualizações na hashtag em inglês #curtainbangs, que mistura tutoriais para passar a tesoura em casa e truques para estilizar. Na galeria abaixo, separamos algumas inspirações para quem quiser se jogar também e fizemos um board no Pinterest repleto de ideias.

{Fotos: reprodução Instagram}