A trajetória de sucesso e os próximos passos de Bruna Tavares

Nunca vou me esquecer de quando anunciei minha colaboração com a MAC, para lançar o batom MACxVicCeridono, quatro anos atrás, e Bruna Tavares, que na época já era enorme nas redes sociais e já estava a todo vapor dando o que falar com sua própria marca de maquiagem, fez um post hiper querido compartilhando a notícia no Instagram. Entre outros elogios lindos e que me deixaram muito lisonjeada, disse que eu era a inspiração para ela ter seguido na carreira de blogger / jornalista de beleza e me apoiou de maneira super generosa, assim como quando o batom foi lançado alguns meses depois. 

Essa generosidade de Bruna é uma de suas (muitas) grandes qualidades, como pessoa e profissional, e essa minha história é só um pequeno exemplo disso. A dedicação com que toca seu trabalho, a maneira como abraça as oportunidades, sua autenticidade e a relação que tem com seu público são algumas das características que explicam o imenso sucesso que ela alcançou em sua carreira e o impacto que suas marcas Pausa para Feminices e Linha Bruna Tavares tiveram no mercado de maquiagem nacional — tudo muitíssimo merecido. E é só o começo: além de inovações em fórmulas e produtos e do seu próprio e-commerce que lança esse semestre, ela acaba de anunciar o investimento na Lunnare, marca de aromaterapia de Karla Lopes que vai ajudar a desenvolver e potencializar (contamos todos os detalhes aqui). 

É por essas e outras que não tinha pessoa melhor para estar no post de estreia da seção DDBusiness, onde vamos abordar o mercado da beleza com um viés de negócios, para complementar o conteúdo de dicas, produtos e tendências que vocês sempre encontraram aqui no Dia de Beauté. A trajetória da Bruna é pura inspiração e seu poder de influência é inegável — ela chegou de mansinho e virou player seríssima nessa arena de gigantes, com feitos dignos de deixar executivos calejados boquiabertos, como sua performance quando entrou no rol de marcas à venda em algumas das lojas físicas da Sephora, batendo em 6 vezes a meta de vendas das primeiras semanas. “Entramos com algumas outras marcas como parte de um grande movimento da Sephora, e eu era uma aposta para eles, tinha um display pequeno. Mas batemos a meta, quebramos alguns recordes de venda, foi um grande antes e depois para a BT. Muita gente começou a respeitar a marca, reconhecer mesmo, confiar no produto”, conta Bruna. 

Formada em jornalismo e apaixonada por beleza e maquiagem, ela começou o blog Pausa para Feminices em 2009 como um portfólio. “Tinha uma filha pequena e nunca deixei oportunidade passar, fiz vários frilas, trabalhei na Uol e na Editora Abril. Sempre fui atenta, sou de falar pouco e observar muito, aos poucos comecei a ser notada.” Em 2011, num movimento pioneiro no Brasil, a Tracta fez sua primeira colaboração com blogueiras e Bruna foi uma das convidadas — última a ser chamada e a menor do grupo na época, ela abraçou a oportunidade com um mix de intuição e estratégia que parece reger tudo que faz até hoje. “Queria uma cor diferente, um tom de salmão bem específico, instiguei as químicas, ficaram três ali fazendo a mistura, eu não ficava satisfeita… Quando acabou, todo mundo experimentou e ficou super empolgado, eu senti que tinha feito algo legal”, lembra. Aí entrou a estratégia: ela pediu para a Tracta ir reinvestindo sua comissão para produzir mais batons, que começou a usar como cartão de visita e divulgação — isso, somado aos posts em suas próprias redes, fez com que seu batom fosse o mais vendido da collab, e rendeu o convite para criar uma coleção maior. 

“Muitas vezes achamos que a zona de conforto é o que as pessoas querem, mas com meu público sempre foi assim, querem coisas diferentes. São apaixonadas por maquiagem e eu quero trazer produtos e cores que elas não têm ainda.” Essa sensibilidade para enxergar além do óbvio e a vontade de inovar cada vez mais são o motor que fez com que sua marca deslanchasse. Da pequena coleção passou para uma linha inteira Pausa para Feminices (que agora está aos poucos sendo desativada) e, em 2016, veio a linha Bruna Tavares. Levar do digital para o varejo foi um desafio, já que não haviam marcas de outras blogueiras sendo vendidas em lojas físicas na época. Para ajudar no processo de aceitação, o plano foi lançar como Bruna Tavares by Tracta, usando o nome da marca parceira, e sua consolidada presença e seu relacionamento com os varejistas, como uma espécie de “passaporte” — era para ficar assim por um ano, mas em seis meses BT já tinha encontrado seu lugar em lojas como Renner e Riachuelo e pode andar sozinha.

A parceria com a Tracta se solidificou à medida em que as marcas de Bruna foram crescendo, e hoje Flavia Rocha, sócia diretora da Farmaervas, é investidora do negócio — uma dinâmica interessante considerando que a Farmaervas é uma das mais antigas e tradicionais empresas do mercado de beleza no Brasil, e Bruna é uma das mais novas e inovadoras. “Eu causo demais”, diz ela rindo. “Sempre ouvi ‘mas o mercado trabalha assim’ quando queria fazer as coisas de um jeito diferente, ou lançar um produto inusitado. Tivemos que romper muitas barreiras, muitas empresas não queriam trabalhar com a gente, mas aprendi a falar com jeitinho para conseguir chegar no que queremos.”

Hoje ela conta com orgulho que tem embalagens feitas em moldes exclusivos para seus pós, blushes e iluminadores prensados, que foram relançados recentemente — uma grande conquista no mercado nacional. “Uma empresa enorme nos procurou oferecendo isso, foi um momento muito ‘uau’, mostrou que estamos no caminho certo”. De fato, o patamar que a BT alcançou traz vantagens: depois de postar no Stories que não conseguia lançar seu cleansing balm, que está com a fórmula aprovada há tempos, por não existir no mercado embalagem de 100g, o fornecedor correu para resolver o problema (deve ser lançado em breve). Sua bruma fixadora BT Fix também ganhou embalagem inédita, desenvolvida para ela e agora disponível para outras marcas que quiserem. Extremamente generosa, Bruna tem consciência de seu papel e influência no mercado e quer ver todo mundo evoluir: “Poder estimular a industria nacional é algo muito importante para mim, e mesmo quando for para fora, quero manter o ‘Made in Brasil’”, diz, já dando pistas do plano de expansão internacional de sua marca.

Sempre que tem um novo projeto — coleção, produto — ela precisa apresentar para os investidores e vender a ideia. “A Flavia fala que eu tenho toque de Midas, às vezes eles ficam meio assim com o projeto, mas confiam.” Um dos que valeram a aposta foi o BT Velvet, sombra líquida mate sem similares no Brasil que é fenômeno de vendas. “Estava todo mundo fazendo sombra líquida com brilho e eu quis fazer diferente. Pensei: ‘Se nosso batom líquido mate bombou, por que não uma sombra líquida mate?’”, lembra. “Quis fazer diferente, acharam loucura, mas eu já usava meus batons como sombra, senti que faltava algo assim no mercado e resolvi lançar.” 

Além do jeitinho para falar e convencer, Bruna é resiliente, insistente e foi aprendendo muito sobre fórmulas e ingredientes ao longo do processo, o que ajuda bastante na hora de criar novos produtos. Intrigada por exemplo com a textura e acabamento dos batons líquidos nacionais, que deixava muito a desejar aos gringos, ela começou a fuçar rótulos e pesquisar até encontrar qual era o ingrediente responsável por esse diferencial – achou, fez que fez para trazer para o Brasil e incluiu na fórmula dos seus batons. Desde então ela já “estreou” diversas matérias primas no mercado nacional: “Já fiz isso muito, e é sempre um drama”, conta rindo. “Além de encarecer o produto, por ser importado, dificulta todo o processo… Mas é o jeito né? Às vezes penso ‘esse ano não quero inovar, vou fazer coisas mais simples’, mas aí começo a ter ideias…” 

Ela admite que a pressão cresceu junto com o sucesso da marca, e que o público está cada vez mais exigente, “mas eu e meu time também estamos!”. Um grande highlight foi ganhar, há dois anos, seu próprio laboratório dentro da Farmaervas. “Ter o BT Lab faz toda a diferença, tenho equipe própria, dá para pirar mais. Muita coisa não vai para frente, mas pode servir para outros projetos, tudo é aprendizado. E hoje estamos num outro patamar de maquinário e acesso a matérias-primas”, conta. Sua atual química-chefe é uma brasileira que foi “roubada” de uma das marcas de skincare mais importantes do Japão, “queria alguém para fazer a diferença mesmo, especialmente na parte de skincare, que estamos evoluindo bastante”, conta Bruna. 

Todas essas muitas etapas de sua trajetória são compartilhadas com o público. “É muito importante para mim mostrar para as pessoas que me acompanham a importância de cada etapa e de cada conquista.” Entre os grandes feitos da BT ela cita a (ótima) base BT Skin, lançada em 30 cores e um marco no mercado nacional, e o batom Hermione, um pioneiro nos tons acinzentados no Brasil na época. “Quero trazer coisas que surpreendam, e quando é algo que já existe, tem que ter algum diferencial de tratamento, como o gloss BT Jelly.” Entre os próximos lançamentos estão o BT Eye Gloss, que acabou de chegar nas lojas, os blushes cintilantes (muito pedidos pelas seguidoras) e o BT Plush, um híbrido de batom e blush com textura aveludada que ela acredita que vai ter o mesmo impacto da BT Velvet. Apesar de amar dar spoilers das novidades, hoje ela tem que segurar, mas me contou em primeira mão que outro lançamento para o qual está animadíssima é o BT Mirror, um iluminador com efeito foil que com certeza vai dar o que falar (já quero!!). Sem falsa modéstia, ela conclui: “A marca hoje tem esse poder, de começar novos momentos”. 

Outro projeto que tem consumido sua atenção, além do investimento na Lunnare, é o lançamento do e-commerce da linha Bruna Tavares. “Chegou a hora de ter nossa própria plataforma, queremos criar uma experiência incrível para o consumidor, com uma enciclopédia sobre cada produto, cupons, brindes…”, conta. “Está dando muito trabalho, mas espero colocar no ar nos próximos meses.”

Com uma equipe de mais de 300 pessoas – entre o time fixo e a estrutura que tem na Farmaervas -, que inclui também seu marido, que é diretor executivo e financeiro, e um volume de vendas de 200 mil produtos por mês, com faturamento anual na casa dos 9 dígitos, com certeza Bruna e sua BT ainda vão dar muito o que falar, e nós vamos amar acompanhar cada etapa.

{Fotos: reprodução Bruna Tavares, Pausa para Feminices, Karen Bachini, Instagram @brunatavares, @linhabrunatavares, @viwcardosomakeup, @cacauguillen, @ve.brito, @khauanapacheco, @angelic4silva, @kaleogradilone / @cehmachado, @nahcardoso, @k.arlalopes, @lunnare.coo e Lara Dias}