Comprando no estrangeiro

Muitas amigas e leitoras, quando tem uma viagem marcada, me mandam email perguntando o que trazer, basicamente “o que tem de legal lá fora que eu posso comprar”. Ou, muitas vezes, encomendar para mãe/marido/amiga. Eu já fiz aqui no blog uma lista dos básicos que vocês podem comprar lá fora, mas acontece que às vezes não é o básico que queremos, não é mesmo?!

O problema é que lá fora (gente, estou falando de lugares com muitas maquiagens como Estados Unidos, alguns países da Europa, Japão…) as coisas mudam muito rápido, tem muito lançamento e muuuuita marca, mas muita mesmo. Qualquer pessoa que já entrou numa Sephora sabe do que estou falando. Eu fico perdida, imagina quem não acompanha tanto as novidade da beauté.

Isso tudo para dizer que não adianta eu fazer uma lista dessas porque logo ela vai ficar velha. Meu maior conselho é: pesquise antes de viajar, entre nos sites das lojas de departamento da cidade que vai visitar, veja quais marcas são vendidas na tal cidade e dê uma fuçada nos sites delas, entre no site da Sephora para saber o que tem de novo (mas saiba que nos EUA as coisas anunciadas costumam chegar primeiro). Pesquise em blogs variados (que obviamente eu não consigo falar de tudo haha!), daqui e do mundo (uma dica boa, se você entende mais ou menos a língua do país que vai visitar, é buscar no google já usando a língua, assim você acessa os blogs e sites locais), e entre em sites como o Style e o da Vogue UK, se não quiser comprar as revistas. E olhe as listas de “melhores” da Allure, pelo menos.

Fazendo essa pesquisa você consegue se preparar para o que está por vir. Quando fui pra NY (já faz mais de um ano, chuif), pesquisei horrores, fiz uma super lista, mas nem preciso dizer que na hora que cheguei lá tudo mudou. Ou melhor, aumentou, porque eu comprei a lista toda num dia e continuei comprando em todos os outros dias. Realmente não tem como comparar o que você vê na internet com a emoção de ver tudo ao vivo, e é uma delícia ficar descobrindo, in loco, coisas legais para comprar.

Deu pra captar minha idéia de compras ideiais em viagem? Pré-pesquisa preparatória (até para saber aonde ir, não necessariamente o que comprar), e muita pesquisa no lugar, com aquele espírito desbravador, sem medo da vendedora ou da quantidade de coisas! Isso é pra quem gosta mesmo, tem paciência de ficar fuçando, não tem namorado do lado pra reclamar e querer ir embora (ou dá um jeito de arranjar um programa alternativo para ele).

O que você tem que pensar, de verdade, é que não é a última viagem da vida (tomara!) e que portanto você não precisa ter ataques de ansiedade porque não consegue decidir entre o iluminador Copacabana da Nars e o pó solto do Armani (um exemplo qualquer de duas coisas que não são exatamente baratas!). Pense no que precisa mesmo, no que quer muito ou menos, no que pode substituir por outra coisa baratinha (farmácia é o que há, principalmente nos EUA!) e por aí vai.

Minha irmã estava em Barcelona (e lá tem Sephora!) semana passada, e me mandou email querendo saber o que ela podia comprar de legal. Fiz uma lista, que vou dividir aqui com vocês já que tem coisas novas e legais, mas claro que fiz pensando nela e no que ela gosta (e usa!).

comprinhas

(Vocês repararam que eu aprendi a brincar no Photoshop e agora faço montagens? To tão feliz vocês nem sabem. A do Oscar fiquei olhando e admirando por vários minutos). Todos esses produtos e preços peguei no site da Sephora, em dólar, menos o Creme de Coco que não vende na Sephora, e eu peguei no site da Bumble & Bumble.

. Antifrizz da Living Proof, um produto que promete (e dizem que cumpre mesmo) eliminar o frizz! Vi falando bem dele em vários lugares, é uma tecnologia nova e até saiu na Allure numa matéria sobre as maiores inovações da beleza no ano que passou
. Creme de Coco Masque, da Bumble & Bumble, máscara de cabelo super hidratante
. Shampoo seco, porque é uma coisa muito legal, sugeri o Au Naturel Dry Shampoo, do Fekkai, porque é novidade na linha dele
. Corretivo Secret Camouglage, da Laura Mercier. Nunca tive mas sempre ouvi falar tãão bem, queria experimentar por tabela
. Rímel de tubo, tipo o Imju Fiberwig ou o Blinc Kiss Me, porque é uma nova tecnologia em rímel, mais resistente e sai super fácil com água morna (já falei um monte sobre eles aqui no blog), fora que a gente adora um rímel
. Esmalte cinza, porque é a cor do momento. Pode ser o You Don’t Know Jacques da OPI ou o Metro Chic da Sephora by OPI (esse é o que eu já tenho, que minha mãe trouxe! E é liiindo eu amei)
. Delineador em gel é super, e além do Fluidline da MAC, que a gente compra aqui, tem ótimos da Smashbox (Jet Set) e da Make Up For Ever (Aqua Creamliner). Precisa também do pincel chanfrado para aplicar
. Pó solto HD Microfinish Powder, da Make Up For Ever, é pra TV high definition, a descrição no site da Sephora é tentadora e ele ganhou o prêmio da Allure de melhor pó.

Resultado das compras: minha irmã chegou na Sephora de Barcelona e não achou nada, a única coisa que ela conseguiu comprar da lista foi o pó da Make Up For Ever, sendo que era pra mim!!! (Vou testar e conto). Ela disse que a vendedora olhava pra ela com cara de ponto de interrogação, que nunca tinha ouvido falar de algumas marcas, uma loucura.

Mas minha irmã é mais tranquila e desencanou, nem ficou lá fuçando no desespero pra comprar alguma coisa que fosse, ou se bateu para uma loja de departamentos pra ver se achava as marcas (coisa que eu faria), porque ela nem fazia questão de comprar as coisas dela.

Essa história é só uma prova de que uma pesquisa prévia pode evitar esse tipo de (triste, para muitas) situação!

UPDATE: Olhem que louca eu. Uma leitora comentou num post antigo que eu nem lembrava que tinha feito, e bom, ela comentou e eu lembrei! Com uma, adivinhem, lista de coisas aleatórias pra comprar! Em duas partes, aqui e aqui